Bem-vindo, 22 de novembro de 2017
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 


Ceran inicia geração comercial da primeira turbina da UHE Monte Claro

A Companhia Energética Rio das Antas - CERAN, iniciou à zero hora do dia 29.12 (quarta-feira) a geração comercial da primeira das duas turbinas da Usina Hidrelétrica Monte Claro, com o fornecimento de 65 MW ao Sistema Elétrico Integrado Nacional. A geradora tem uma potência instalada de 130 MW, sendo 65 MW em cada uma das duas turbinas, informa Paulo Zuch, diretor superintendente da CERAN. A segunda turbina deve entrar em operação em fevereiro de 2005. Monte Claro deverá ser inaugurada oficialmente em 11 janeiro, com a presença do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, da ministra de Minas e Energia, Dilma Rousseff, e do governador Germano Rigotto.

A Usina Hidrelétrica Monte Claro, juntamente com as usinas Castro Alves e 14 de Julho, integra o Complexo Energético Rio das Antas. Em conjunto, as três geradoras irão produzir 360 MW, o equivalente a 10 por cento da demanda de energia elétrica do Rio Grande do Sul.

No sistema

A conexão ao Sistema Elétrico Interligado Nacional é realizada através de uma Subestação Interligadora em 230 kV que secciona duas linhas de transmissão da Eletrosul. Para conexão da Usina Hidrelétrica Monte Claro a esta Subestação, a CERAN construiu uma Linha de Transmissão.

Mesmo gerando energia para o Sistema Elétrico Interligado Nacional, a Usina Hidrelétrica Monte Claro beneficia o sistema de Caxias-Farroupilha e a região do entorno do empreendimento, principalmente em caso de contingências do Sistema.

A barragem da UHE Monte Claro foi construída na localidade de Nossa Senhora da Glória, em Veranópolis e o reservatório ocupa uma área de 1,4 quilômetro quadrado.

O investimento total da Uside 272,4 m3/sna Monte Claro é de R$ 249 milhões, sendo R$ 160 milhões financiados pelo BNDES, com apoio dos agentes repassadores Banco do Brasil, BRDE - Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul, Caixa RS - Fomento Econômico e Social e Banrisul. O restante dos recursos foi aportado pelos acionistas da CERAN.

O Complexo Energético Rio das Antes é um empreendimento que tem como acionistas a CPFL Geração de Energia S. A. (65 por cento), Companhia Estadual de Energia Elétrica - CEEE (30 por cento) e Desenvix S. A. (5 por cento). Na construção das três usinas, a CERAN está investindo R$ 675 milhões (Base: Dezembro de 2003).

  Ver listagem completa

produzido: medialine e Luciano Barichello
Av. Pátria, 760 - 3º Andar - Bairro São Geraldo - Porto Alegre (RS) - Fone/Fax: (51) 3028 6600    |    Desenvolvido por MEDIALINE